25 julho 2012

A arte não se dirige à cultura, mas sim à vida (...) Um poema não faz parte de uma literatura, mas sim do mundo em que estamos.
A arte pode ser estudada no plano da cultura, mas a sua mais funda comunicação é no plano da vida quando na arte somos confirmados. E o verdadeiro nome dessa comunicação é "entusiasmo", dando à palavra o seu sentido grego.
(...)
O homem que é insensível ou indiferente à poesia, à música ou à pintura é um homem ensurdecido no seu ser e diminuído na sua existência. Um homem mutilado, anormal e temível. É o destruidor da alegria.

Sophia de Mello Breyner


(é isto o incendiário... um destruidor da alegria)

19 julho 2012

05 julho 2012

Everything is blooming most recklessly; if it were voices instead of colors, there would be an unbelievable shrieking into the heart of the night.